junho 12, 2021

970×90

QUEM VOLTA? Confira os atletas emprestados que retornam a Salvador em 2017

O Bahia emprestou muitos atletas ao longo do ano, a grande maioria são pratas da casa, alguns por rendimento abaixo do esperado, outros para ganhar experiência e voltar ao Esquadrão mais cascudos, outros por indisciplina combinada ao mau futebol. Agora é hora de alguns destes voltarem ao Fazendão e farão parte do planejamento para 2017, seja para novos empréstimos, venda, ou até mesmo continuarem defendendo a Camisa Tricolor.
Hayner tem vínculo com o Esquadrão até o fim de 2017. Foi emprestado ao Náutico depois de recorrentes más atuações, seguidas de indisciplina dentro de campo, tendo o ápice da paciência tricolor no jogo entre Bahia x Vila Nova, pela Série B do Campeonato Brasileiro de 2016. Por lá, não teve muitas oportunidades, atuou apenas por 45 minutos na partida contra o Sampaio Corrêa e ainda desempenhando a função de ponta direita.
João Paulo Penha tem contrato com o Bahia até Maio de 2017. Teve bastante oportunidades de vestir a camisa do Bahia em 2015, mas embora apresentasse velocidade, não correspondia em muitos outros aspectos e foi emprestado ao CSA, onde foi muito bem, e voltou ao Esquadrão se destacando nos treinamentos, mas não assentou no time de Doriva. Foi novamente emprestado, dessa vez ao Fortaleza, até o fim da Série C, que já se encontra finalizada.
Douglas Pires tem contrato com o Bahia até o fim de 2017. Jogado de lado, depois da volta de Marcelo Lomba, foi emprestado ao Fortaleza, assim como João Paulo Penha, até o fim da Série C de 2016. Com o fim da temporada do Fortaleza, e sem sucesso por lá, ele retorna a Salvador e se apresenta ao Bahia.
Jacó tem vínculo com o Esquadrão até o fim de 2018. Foi emprestado ao Cuiabá, no início de 2016, mas por contusão, voltou à Salvador. Foi novamente emprestado, agora para o Fluminense de Feira, e participou da Copa Governador do Estado. Mais uma vez, Jacó se machucou e não participou das fases finais do torneio. o Atacante de 20 anos, que fez 2 gols contra o Paysandu em 2015, se reapresenta ao Bahia.
Luisinho tem contrato com o Bahia até o fim de 2017. Depois de ser uma das contratações mais importantes do Bahia para a temporada, não rendeu o esperado tanto no primeiro, quanto no segundo semestre. Acabou sendo emprestado ao Al-Faisaly. Ele retorna a salvador no fim do primeiro semestre de 2017.
Jeam tem vínculo com o Bahia até o fim de 2017. Eterna promessa da base, o atacante não se firmou nos dois empréstimos onde atuou em 2016. Foi ao Capivariano-SP, para a disputa do Campeonato Paulista e marcou apenas um gol. Já na segunda parte do ano, foi ao Cuiabá, onde encontrou-se com Jacó, e foi relacionado apenas para uma partida da Série C do Campeonato Brasileiro, sem marcar gols.
Robson tem vínculo com o Esquadrão até o fim de 2017. Emprestado ao Esteghlal, do Irã, até o fim deste ano, fez boas partidas por lá e se manteve como titular. O zagueiro se reapresenta no Fazendão em junho de 2017, quando o contrato com o time iraniano acaba.
Zé Roberto tem contrato com o Bahia até junho de 2017. Revelado pelo Esquadrão e bastante contestado pela torcida, ainda que tenha feito gols importantes em momentos cruciais, foi emprestado à Ponte Preta a fim de viabilizar a vinda de Renê Jr. ao Bahia. O atleta se reapresenta no Fazendão quando terminado o Campeonato Paulista de 2017 e deve renovar ou não com o Tricolor de Aço.

Matéria: Gabriel Marinho

Compartilhe
abaixo de Saúde

Sobre o autor

posts relacionados

abaixo de Saúde