outubro 31, 2020

970×90

Ronaldo Jacaré luta por possível última chance de disputar cinturão do UFC

Ronaldo Jacaré luta por possível última chance de disputar cinturão do UFC

O brasileiro Ronaldo Jacaré é um exemplo do quanto o MMA nem sempre é justo. Campeão mundial de jiu-jitsu, ex-campeão do Strikeforce e número cinco de sua categoria há anos, o peso-médio (84 kg) nunca teve uma chance de disputar o cinturão do UFC, embora tenha batido na trave em três oportunidades. Neste sábado (3), porém, o atleta de quase 39 anos pode ficar, por vias tortas, mais perto do que nunca.

Previamente escalado para enfrentar David Branch no UFC 230, evento agendado para o Madison Square Garden, o brasileiro foi promovido para o co-main event após a lesão de Luke Rockhold. De quebra, enfrenta o ex–campeão Chris Weidman, rival de peso que, a depender de sua performance, pode lhe garantir uma furada de fila rumo ao topo da categoria.

esta forma, o atual número cinco do mundo pode ser beneficiado e ficar no aguardo do resultado do confronto entre Robert Whittaker e Kelvin Gastelum, válido pelo cinturão do UFC, ainda sem data definida. Para isso, porém, o duelo contra Weidman é fundamental para o seu futuro.

Vindo de derrota para Gastelum, o brasileiro já afirmou repetidas vezes que seu corpo não se recupera como antes e que ele visualiza sua aposentadoria para o final de seu atual contrato. Desta forma, essa pode ser, de fato, sua última chance de se credenciar para um combate pelo topo de sua divisão.

Afinal de contas, caso perca, ele acumulará sua quarta derrota no UFC, justamente contra rivais melhores ranqueados – Yoel Romero, Robert Whittaker e Kelvin Gastelum já bateram Jacaré.

Compartilhe
abaixo de Saúde

Sobre o autor

posts relacionados

deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

abaixo de Saúde