agosto 12, 2020

970×90

Ronda Maria da Penha ultrapassa 400 atendimentos em Lauro de Freitas

Ronda Maria da Penha ultrapassa 400 atendimentos em Lauro de Freitas

Unidade especializada da PM, que completa 2 anos nesta sexta-feira (3), adaptou visitas às mulheres, por conta da covid-19.

Mais de 400 atendimentos foram realizados pela Operação Ronda Maria da Penha (ORMP) de Lauro de Freitas, município da Região Metropolitana de Salvador, no primeiro semestre de 2020. Nesta sexta-feira (3), a unidade especializada da Polícia Militar comemora dois anos de implantação. 

Também de janeiro a junho deste ano, a ORMP de Lauro, comandada pela tenente Luana Queiroz Braga, realizou 2.722 contatos telefônicos e 1.639 rondas. As visitas para mulheres com medidas protetivas ou com vulnerabilidades, passaram por adaptações, respeitando o distanciamento solicitado pelos órgãos de saúde.


“Para evitar a disseminação do novo coronavírus, ligamos para a mulher atendida, vamos até a porta da sua residência, acionamos a sirene e em seguida fazemos contato telefônico. Pedimos pra ela chegar na sacada ou na porta do imóvel para que façamos contato visual”, contou a comandante. 

A tenente Luana acrescentou que, na sequência, procura saber se o agressor fez algum tipo de contato ou foi visto pela região. “Atendemos 140 mulheres com medidas protetivas. Nosso trabalho é realizado de forma contínua”, disse a oficial. 

Completando os dados do semestre, a ORMP cumpriu três ordens da Justiça e efetuou uma prisão em flagrante, ocasionada após o agressor descumprir a medida protetiva. Os PMs também dão apoio aos oficiais de Justiça para a retirada do criminoso da residência, quando essa decisão é expedida.

View this post on Instagram

Ronda Maria da Penha ultrapassa 400 atendimentos em Lauro de Freitas Unidade especializada da PM, que completa 2 anos nesta sexta-feira (3), adaptou visitas às mulheres, por conta da covid-19. Mais de 400 atendimentos foram realizados pela Operação Ronda Maria da Penha (ORMP) de Lauro de Freitas, município da Região Metropolitana de Salvador, no primeiro semestre de 2020. Nesta sexta-feira (3), a unidade especializada da Polícia Militar comemora dois anos de implantação.  Também de janeiro a junho deste ano, a ORMP de Lauro, comandada pela tenente Luana Queiroz Braga, realizou 2.722 contatos telefônicos e 1.639 rondas. As visitas para mulheres com medidas protetivas ou com vulnerabilidades, passaram por adaptações, respeitando o distanciamento solicitado pelos órgãos de saúde. “Para evitar a disseminação do novo coronavírus, ligamos para a mulher atendida, vamos até a porta da sua residência, acionamos a sirene e em seguida fazemos contato telefônico. Pedimos pra ela chegar na sacada ou na porta do imóvel para que façamos contato visual", contou a comandante.  A tenente Luana acrescentou que, na sequência, procura saber se o agressor fez algum tipo de contato ou foi visto pela região. "Atendemos 140 mulheres com medidas protetivas. Nosso trabalho é realizado de forma contínua", disse a oficial.  Completando os dados do semestre, a ORMP cumpriu três ordens da Justiça e efetuou uma prisão em flagrante, ocasionada após o agressor descumprir a medida protetiva. Os PMs também dão apoio aos oficiais de Justiça para a retirada do criminoso da residência, quando essa decisão é expedida. @52cipm . . #laurodefreitas #rondamariadapenha #protecao #acao #pm #lfnews

A post shared by LF NEWS (@lfnewsbahia) on

Compartilhe
abaixo de Saúde

Sobre o autor

posts relacionados

deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

abaixo de Saúde