Rui nega ter convidado Tia Eron e revela insistência dela por encontro

 Rui nega ter convidado Tia Eron e revela insistência dela por encontro

O governador Rui Costa negou ter feito convite à deputada federal Tia Eron (PRB) para que ela saísse candidata ao comando de Salvador ou mesmo integrasse uma das chapas contrárias ao prefeito ACM Neto (DEM).

Em entrevista, nesta última segunda-feira (8), na Governadoria, o chefe do Executivo baiano admitiu ter tomado café com a parlamentar na última sexta-feira (5), após insistentes pedidos dela, do vice-governador João Leão (PP) e do presidente estadual do PR e também congressista José Carlos Araújo. De acordo com o petista, a dupla aliada acreditava na possibilidade de ter o PRB na chapa de Cláudio Silva e, por isso, o anúncio do vice da chapa foi adiado.

“Araújo me pediu várias vezes para recebê-la. Leão também. Na quinta, ela queria ir até a minha casa e eu disse que não poderia recebê-la. Falei com ela ao telefone. Era aniversário da minha esposa [Aline Peixoto] e a família estava toda esperando. Depois de muita insistência, disse que poderia recebê-la na manhã seguinte. Mas avisei a Araújo e Leão que ela não iria fechar conosco e que eu não seria instrumento para valorizar negociação de ninguém. Quem tem o potencial de votação que ela tem, romperia com o prefeito para ser vice [de Cláudio Silva]? Ela sairia candidata a prefeita. Até já pedi a gravação à minha equipe. Se ela realmente disse isso, faltou com a verdade”, descartou Rui.

Segundo o chefe do Executivo baiano, logo após a sua vitória, em 2014, o partido ligado à Igreja Universal do Reino de Deus, que rompeu com o ex-governador Jaques Wagner em maio daquele ano e marchou com Paulo Souto (DEM), seu adversário no pleito, tentou recompor com o governo. Ele não aceitou e disse que só abriria a possibilidade de conversar sobre aliança na formação de chapas de 2018. Com informações Evilasio Junior / bahia.ba

Deixe uma resposta

Descubra mais sobre LF News -

Assine agora mesmo para continuar lendo e ter acesso ao arquivo completo.

Continue reading