novembro 27, 2020

970×90

Rui vistoria e entrega junto com Moema mais uma etapa concluída das obras de macrodrenagem em Lauro de Freitas

Rui vistoria e entrega junto com Moema mais uma etapa concluída das obras de macrodrenagem em Lauro de Freitas

O governador Rui Costa vistoriou mais uma etapa concluída do projeto de macrodrenagem dos rios Joanes e Ipitanga na manhã desta quarta-feira (24). Rui esteve no local em que foi instalado o reservatório de amortecimento da Alameda dos Ingazeiros, em Lauro de Freitas, acompanhado da prefeita Moema Gramacho. A obra executada pela Conder tem investimento total de R$ 170 milhões.

O governador destacou que a obra traz uma concepção inovadora e inédita na Bahia. Ao todo, serão seis reservatórios de amortecimento com capacidade para 1,5 milhão de metros cúbicos de água. “Em dias de sol, toda esta área será usada para o lazer da população, com quadra, campo de futebol, parque infantil. Na maior parte do ano, portanto, este espaço será destinado ao convívio social. No período de chuva, a função do equipamento é prevenir e evitar o alagamento nas casas. Após a água baixar, a prefeitura faz a higienização adequada e o local volta a ser uma opção de lazer para as pessoas”, explicou.

As intervenções estão sendo realizadas em uma área total de 166 mil metros quadrados e estão incluídas no Programa Estadual de Prevenção de Desastres Naturais. Na área vistoriada pelo governador, que fica no fundo do Ginásio de Esportes de Lauro de Freitas, foram instaladas quadras poliesportivas e um parque infantil. Embora a obra tenha sido entregue, em função da pandemia da COVID-19, a população não terá acesso aos equipamentos neste momento.
Segundo o diretor de habitação da Conder, Maurício Mathias, a obra beneficiará cerca de 200 mil pessoas que vivem em Lauro de Freitas e Salvador. “Esta é mais uma etapa da obra e aqui embaixo do solo está instalado o reservatório de número 4, que tem capacidade de acumulação de 640 mil metros cúbicos de água. Isso fará com que, no período de fortes chuvas, a chegada da água no centro da cidade seja retardada e, consequentemente, evite os alagamentos em Lauro de Freitas”.

Reservatórios

De acordo com Rui Costa, esse já é o terceiro reservatório concluído. “Três dos seis reservatórios previstos no projeto do Governo do Estado já foram concluídos. Em fevereiro deste ano, foi entregue o reservatório no bairro Jardim das Margaridas, em frente ao Aeroporto Internacional de Salvador, onde também foi implantado o Parque Rosa dos Ventos com equipamentos de lazer. Outro equipamento está instalado na Base Área”, revelou.

Os reservatórios, com solo permeável, além de cumprirem a função de drenagem, também serão espaços de convívio para a população. Pela média pluviométrica histórica da região, a tendência é que durante cerca de 320 dias no ano, o equipamento esteja disponível para uso da população.

Apenas nos demais dias a área funciona como reservatório de amortecimento. Além dos reservatórios, serão construídos nove canais de escoamento e também realizado o desassoreamento da calha do rio Ipitanga.

Compartilhe
abaixo de Saúde

Sobre o autor

posts relacionados

deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

abaixo de Saúde