outubro 30, 2020

970×90

Semed mantem memória da Emancipação de Lauro de Freitas com programação em ambientes digitais

Semed mantem memória da Emancipação de Lauro de Freitas com programação em ambientes digitais

Por conta do distanciamento físico, necessário para o controle da proliferação do novo coronavírus, neste ano de 2020, a Secretaria Municipal de Educação de Lauro de Freitas (Semed) não irá realizar as atividades presenciais em comemoração ao processo de Emancipação do município. No entanto, a secretaria elaborou uma sequência de atividades em plataformas digitais, envolvendo exposições de fotografias, lives e seminário, com lançamento de livro digital, para marcar os 58 anos em que Lauro de Freitas foi elevada ao posto de cidade.

O objetivo das atividades é proporcionar à rede o reconhecimento de matrizes identitárias do município, de modo a gerar reflexões sobre sua história e estrutura contemporânea, mantendo a memória da emancipação. Anteriormente, a Semed celebrou o processo com desfile cívico no centro da cidade e concurso de literatura. Em cada ano, definia-se uma temática que era trabalhada nas escolas junto ao conteúdo didático. Até 2019, o Desfile da Emancipação foi realizado neste mês de julho e o concurso artístico e literário finalizado no mês de novembro.
A programação deste ano de 2020 tem início nesta quarta-feira, dia 29, às 16 horas, com a disponibilização do álbum ‘Caminhos da transformação’, na fanpage da secretaria (https://www.facebook.com/educalauro), trazendo fotografias que representam mudanças geo-política-natural da história do município que cooperaram para a conquista de sua autonomia. As fotografias também serão publicadas no Instagram (@Semedlf), de acordo com a linguagem da plataforma.
Live da Emancipação – Na quinta-feira, dia 30, a programação inclui a disponibilização do álbum TBT da Emancipação na fanpage e Instagram da secretaria, a partir das 10 horas. Às 19 horas, será realizada a Live da Emancipação, no Instagram. O primeiro convidado, o professor Gildásio Freitas, falará sobre “Os processos históricos da Emancipação’. Historiador e escritor, Freitas desenvolveu ao longo de sua carreira acadêmica, pesquisas sobre especificidades sociais, políticas, econômicas e identitárias do município.
Em seguida, o diretor do Departamento de Inclusão e Diversidade na Escola, da Coordenação de Educação Básica, Eriosvaldo Menezes, irá discutir sobre a Importância pedagógica do Desfile da Emancipação e Concurso Literário. Menezes atua com processos de descolonização do conhecimento, com foco em questões étnicas.
Na data institucionalizada como o dia da Emancipação de Lauro de Freitas, 31/07, será disponibilizado o álbum de fotografias ‘Cidade Empoderada’, representando aspectos locais que ratificam sua posição de destaque na região metropolitana e no Estado da Bahia. As imagens foram produzidas pelo professor, sociólogo e fotógrafo, Amilton Castro, e também serão disponibilizadas no Instagram da Semed, de acordo com a linguagem da plataforma.
Ainda na sexta-feira, 31, haverá o seminário ‘Emancipação, processos pedagógicos e formação cidadã’, realizado por meio da plataforma de encontros Meet.com e transmitido ao vivo por meio da fanpage da Semed. Durante o evento, haverá o lançamento do livro digital ‘Minha cidade tem histórias tem memórias: versos e prosas’, idealizado pelo Departamento de Inclusão e Diversidade na Escola da Semed. Na sexta-feira, também será compartilhado por WhatsApp o vídeo História Itinerante: 58 anos de Emancipação de Lauro de Freitas, com imagens representativas do processo de transformação da cidade, produzido pelo jornalista Márcio Wesley.

Compartilhe
abaixo de Saúde

Sobre o autor

posts relacionados

deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

abaixo de Saúde