novembro 24, 2020

970×90

Senado mantém direitos políticos de Dilma Rousseff

Senado mantém direitos políticos de Dilma Rousseff

O Senado Federal, em votação em separado, não conseguiu destituir os direitos políticos da agora ex-presidente Dilma Rousseff. A votação para este ponto foi de 42 senadores favoráveis à perda, 36 contra e 3 abstenções. Eram necessários para aprovação dois terços dos votos, isto é, 54 votos.

Na votação anterior, o plenário do Senado aprovou nesta quarta-feira, 31, por 61 votos a favor e 20 contra, o afastamento da presidente Dilma Rousseff.

A votação em destaque, tema de acalorado debate entre os senadores em uma sessão presidida pelo presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Ricardo Lewandovski, pressupunha o fim dos direitos políticos da ex-presidente Dilma por oito anos para exercício de cargo público.

Compartilhe
abaixo de Saúde

Sobre o autor

posts relacionados

deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

abaixo de Saúde