novembro 25, 2020

970×90

Senador flagrado com dinheiro na cueca amplia de 90 para 121 dias período de afastamento

Senador flagrado com dinheiro na cueca amplia de 90 para 121 dias período de afastamento

Horas após solicitar afastamento do mandato parlamentar por 90 dias, o senador Chico Rodrigues (DEM-RR) protocolou nesta terça-feira (20) uma retificação do pedido, ampliando para 121 dias o prazo de licença, segundo o portal G1. Pedro Arthur Ferreira Rodrigues, filho do parlamentar primeiro suplente, deverá assumir o mandato do pai. O pedido inicial de licença de Chico Rodrigues, de 90 dias, não levaria à convocação do suplente.

Chico Rodrigues foi flagrado com R$ 33 mil na cueca na semana passada. O dinheiro foi encontrado durante uma operação que cumpriu mandados de busca e apreensão na casa do parlamentar.

A operação apura suposto esquema de desvio de recursos públicos em Roraima. Rodrigues nega as acusações e afirma que o dinheiro serviria para pagar funcionários.

Depois da operação da semana passada, partidos políticos protocolaram uma representação no Conselho de Ética no Senado com o objetivo de cassar o mandato de Chico Rodrigues.

Aliados do senador, contudo, passaram esta segunda-feira (19) costurando um acordo para que Chico Rodrigues se licenciasse. O próprio presidente do Conselho de Ética, Jayme Campos (DEM-MT), sugeriu que o senador se licenciasse por 121 dias.

Compartilhe
abaixo de Saúde

Sobre o autor

posts relacionados

deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

abaixo de Saúde