junho 12, 2021

970×90

Senna terá museu a céu aberto com esculturas de aço

Ayrton Senna ganhará um museu a céu aberto, no Autódromo de Interlagos, que será inaugurado até o final de novembro. O local receberá onze esculturas produzidas em aço, o mesmo o número de temporadas em que o piloto correu na Fórmula 1, assinadas pelo artista plástico Rafael Sanches.

A ideia do projeto nasceu de uma conversa entre o presidente da Trumpf do Brasil, João Carlos Visetti, e Baroni Neto, sócio da BB Editora, que a apresentaram ao Instituto Ayrton Senna. Os engenheiros de aplicação da Trumpf, Carlos Alberto Ferreira Jr e Luiz Carlos Bronca Filho, foram escalados para transformar as obras do artista em esculturas em chapas de aço de 12 e 16 mm de espessura. “O desafio foi grande, devido a alta riqueza de detalhes de design, geometria e altura da peça, usando uma única chapa de aço, sem emendas, e com acabamento refinado”, comenta Visetti.

Resultado de imagem para enna terá museu a céu aberto com esculturas de aço

Após estudos, os engenheiros decidiram utilizar a máquina TruLaser 5030 fiber de 8 kW com sistema BrightLine e CooLine, uma das mais avançadas tecnologias de processamento de chapas metálicas do mundo, que garantiu o acabamento impecável a cada uma delas.”Além de cortar peças de tratores, colheitadeiras, máquinas em geral, caminhões etc., as máquinas Trumpf também podem fazer arte”, enfatiza Visetti.

Aço Patinável – Por se tratar de um ambiente externo, as estátuas foram desenvolvidas com aço resistente à corrosão atmosférica, chamado de patinável. Foram mais de 13 toneladas de material fornecido pela Gerdau. Para garantir a conservação das estátuas de quase três metros de altura, o material conta com uma camada protetora (pátina), que elimina qualquer necessidade de outra proteção.

O aço patinável COR A588 – uma novidade no portfólio da Gerdau e que marca sua entrada na mercado de chapas grossas – viabilizou a iniciativa que buscava ter as peças ao ar livre. “É uma grande alegria para a Gerdau marcar o início da produção de chapas grossas com um projeto que conta a história de um piloto que foi um marco na vida de tantos brasileiros”, comenta Marcos Faraco, diretor de Marketing e Vendas da Gerdau.

Versões das esculturas em tamanho reduzido ficaram expostas em vários locais da cidade de Paulo, como shoppings e aeroporto, e também no Salão do Automóvel de São Paulo.

O projeto conta também com a edição do livro “Ayrton Senna, um herói moldado de alma, coração e aço!”, que será lançado em dezembro, que reúne o esboço da criação e desenvolvimento das esculturas, além de textos retratando cada um dos temas abordados. Para quem comprar na pré-venda, o livro vem acompanhado de uma miniesculturas que serão expostas e também produzida em aço patinável.

Compartilhe
abaixo de Saúde

Sobre o autor

posts relacionados

abaixo de Saúde