maio 16, 2021

970×90

Sob as bênçãos de Santo Amaro de Ipitanga, prefeita anuncia início da vacinação contra Covid-19 em Lauro de Freitas

Sob as bênçãos de Santo Amaro de Ipitanga, prefeita anuncia início da vacinação contra Covid-19 em Lauro de Freitas

Foi no final da missa solene de celebração pelos 413 anos da Paróquia de Santo Amaro de Ipitanga, nesta sexta (15), que a prefeita Moema Gramacho anunciou o início da vacinação contra a Covid-19 para a próxima quarta-feira (20). “O plano de vacinação já está pronto e no começo da próxima semana vamos apresentar o cronograma e informar os postos de vacinação”.

Feliz por estar comemorando 413 anos de um trabalho de aproximação com Deus em Lauro de Freitas, a prefeita pediu também ao santo, padroeiro da cidade, que abençoe os vereadores e secretários deste mandato, presentes na celebração, para que possam continuar buscando fazer o melhor para a cidade e seus munícipes.

A missa foi celebrada pelo Arcebispo de Salvador e Primaz do Brasil, Cardeal Dom Sergio da Rocha, que ressaltou durante toda celebração, entre os cânticos e passagens bíblicas, a importância de ter Santo Amaro de Ipitanga como exemplo de vida.

“Santo Amaro viveu na simplicidade, renunciou as coisas supérfluas. Vivia na fé e confiança no Senhor, no caminho da união”. O arcebispo também agradeceu pela maneira carinhosa com que foi recebido por todos em Lauro de Freitas.

Padre Juraci Gomes, pároco da Igreja da Matriz, presenteou a prefeita com um ostensório (peça do culto católico que tem a função de exibir a hóstia) e falou que, independente do momento que estamos vivendo por conta da pandemia, hoje é um dia de alegria e gratidão.

O pároco também relembrou a história da igreja que teve sua pedra fundamental instalada há 453 anos pelos jesuítas, levou 20 anos para ficar pronta e alguns anos depois foi elevada a paróquia. O conjunto arquitetônico foi tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN) em 1944.

A missa terminou com a queima de fogos, que também deu início a carreata. Ao som do refrão “Ó santo Amaro, meu protetor, seguiste a trilha do salvador. Ele chamou-te, ouviste a voz. Ó Santo Amaro, roga por nós!”, os fieis percorreram ruas do Centro levando a imagem e a benção de Santo Amaro de Ipitanga.

As missas receberam público mínimo cadastrado previamente, respeitando os protocolos de prevenção da Covid-19. Atividades que tradicionalmente fazem parte da programação da festa do padroeiro, como o cortejo cultural e show na praça, este ano também não foram realizadas.

Veja vídeo:

 

Compartilhe
abaixo de Saúde

Sobre o autor

posts relacionados

deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

abaixo de Saúde