outubro 27, 2020

970×90

Sobre reabertura do comércio, Rui prega consulta a população e alerta: se abrir vai dobrar o número de mortes

Sobre reabertura do comércio, Rui prega consulta a população e alerta: se abrir vai dobrar o número de mortes

O governador Rui Costa (PT) afirmou que tem estudado de maneira criteriosa a possibilidade de liberação da abertura ampla do comércio em todo Estado da Bahia, mas demonstrou ainda temor por causa do crescente número de mortes de pacientes acometidas pelo Covid-19. O petista alertou que vai dobrar os óbitos, conforme projeções, caso os empreendimentos seja reabertos, questionou se há um número considerável de mortes para que seja tomada esta medida e, na atual conjuntura, e defendeu ouvir a população.

“Estamos há duas semanas com média de 50 mortes por dia. Em 30 dias poderemos ter 1.500 mortes. Ontem recebi uma carta da Federação do Comércio para que abra tudo em todo o Estado. Qual o limite aceitável para essas pessoas de número de mortes que podemos aceitar para decidir abrir o comércio de qualquer jeito dizendo que apenas os estabelecimentos tomarão cuidado?”, questionou nesta quinta-feira (2), durante coletiva no ato simbólico da Independência da Bahia, no bairro da Lapinha, em Salvador.

“É aceitável 1.500 mortes por mês? Que não tá aberto, se abrir, pular para 3 mil por mês? Fica parecendo que aqui tem autoridade que decide sozinho o futuro das pessoas, mas temos que decidir conjuntamente: o que a sociedade baiana quer? Quer admitir 3 mil morte/mês? Porque vai dobrar. Não tenham dúvida, uma semana depois de abrir, vai dobrar. Ninguém pode dizer que não sabia o que iria acontecer”, completou no momento o qual estava ao lado do prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM).

Governo e prefeitura trabalham em um protocolo conjunto para possibilitar a reabertura da economia do Estado, contudo, ainda não divulgaram o trabalho.

Compartilhe
abaixo de Saúde

Sobre o autor

posts relacionados

deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

abaixo de Saúde