outubro 24, 2021

970×90

SPM leva conscientização sobre câncer de mama para alunos do colégio Estadual Kleber Pacheco

SPM leva conscientização sobre câncer de mama para alunos do colégio Estadual Kleber Pacheco

O Outubro Rosa foi destaque entre os alunos do Colégio Estadual Kleber Pacheco, no bairro de Portão, em Lauro de Freitas. Os estudantes assistiram nesta quarta-feira (13), palestra com foco na prevenção, diagnóstico e tratamento do câncer de mama. A iniciativa da Secretaria Municipal de Políticas para Mulheres (SPM) faz parte da programação da pasta com a proposta de intensificar o debate e a conscientização sobre a doença para vários espaços durante este mês.

Os estudantes aprenderam com o simulador de autoexame, uma espécie de prótese feita de crochê e com nódulos de várias texturas ao redor da mama, que o toque suave das mãos sobre os seios pode salvar vidas. “Esse gesto de se tocar é um importante aliado para o diagnóstico do câncer de mama. As mulheres devem estar atentas aos sinais de seu corpo, como alterações na pele da mama, inversão do bico, secreções ou nódulos”, contou a enfermeira, coordenadora executiva da SPM e palestrante, Carla Céo.

Atenta, a estudante do terceiro ano do nível médio, Rafaela Santos, contou que a informação sobre câncer de mama nos homens chamou sua atenção. “Não sabia que homens também desenvolvem essa doença. Hoje mesmo vou conversar com meu irmão para ele também saber e ficar atento”, disse ela que passou por uma experiência de descoberta de nódulo benigno na mãe. “Ela descobriu no autoexame. Graças a Deus era um cisto benigno e tudo correu bem”, disse.

Para a estudante do terceiro ano Kailana Vitória, que mora numa casa com mais outras quatro mulheres, entre mãe, avó e tias, o recado foi importante. “Hoje mesmo vou perguntar se já fizeram a mamografia anual. Essa palestra foi importante porque chama a nossa atenção para a doença e nós passamos isso para nossa família”, disse.

De acordo com Carla, o foco principal da ação é fazer com que os adolescentes sejam multiplicadores em suas casas e comunidades. “Eles saem daqui munidos de informações e dessa maneira ajudam a muitas mulheres”, frisou. Na quinta-feira (14), a programação segue às 9h30 com uma live direcionada aos alunos do Colégio Estadual Américo Simas.

 

Compartilhe
abaixo de Saúde

Sobre o autor

posts relacionados

abaixo de Saúde