janeiro 17, 2022

970×90

STF autoriza acesso à gravação de reunião citada por Moro em depoimento na PF

STF autoriza acesso à gravação de reunião citada por Moro em depoimento na PF

O Supremo Tribunal Federal autorizou que o Procurador-Geral da República, o ex-ministro Sérgio Moro, a delegada da Polícia Federal responsável pelo caso e o Advogado-Geral da União tenham acesso à gravação de uma reunião citada na Justiça por Moro em seu depoimento na Superintendência da Polícia Federal, em Curitiba.

O material será exibido uma única vez em Brasília em uma data a ser definida pela delegada Christiane Corrêa Machado, de acordo com o relator do caso, o ministro Celso de Mello.

Segundo o ministro na decisão divulgada no último sábado (9), o sigilo pontual e temporário continua e que o material está lacrado e protegido dentro do gabinete dele.

Em um depoimento de mais de oito horas no último dia 2, o ex-ministro da Justiça voltou a afirmar que Bolsonaro tentou interferir no trabalho da Polícia Federal (PF) e em inquéritos relacionados a familiares.

Esta teria sido a motivação para Moro deixar o cargo no governo.

Compartilhe
abaixo de Saúde

Sobre o autor

posts relacionados

abaixo de Saúde