junho 13, 2021

970×90

Suspeito de homicídio de líder de torcida uniformizada do Vitória é condenado

O suspeito do homicídio do líder da torcida uniformizada do Vitória “Torcida Uniformizada Os Imbatíveis (TUI), Assiel de Jesus Ramos,  foi condenado à 14 anos de prisão nesta última quarta-feira (23). Lucas dos Santos Lima, conhecido como “Chapolin”, tinha 35 anos e foi assassinado, em Abril de 2014, na loja de suplementos onde trabalhava com o irmão, localizada no bairro dos Barris em Salvador.

De acordo com as informações da polícia, o crime ocorreu por causa de uma dívida entre Assiel e Chapolin, e que, o homicídio aconteceu porque o acusado teria sido maltratado pela vítima, após a cobrança da dívida em questão. Depois disso, Assiel, juntamente com seus amigos Jonas de Sousa Santos e Daniel Jesus de Souza invadiram a loja e mataram o líder da TUI com 4 títulos na cabeça.

Além de Assiel, os cúmplices dele, Jonas, que está foragido, e Daniel, que está preso, devem ser julgados pela morte de Chapolin. O advogado de Assiel, Rosalvo Teixeira,  anunciou que vai recorrer da decisão e o caso vai para o Tribunal de Justiça.

Compartilhe
abaixo de Saúde

Sobre o autor

posts relacionados

abaixo de Saúde