janeiro 17, 2022

970×90

Três presos por fraudar venda de respiradores ao Consórcio Nordeste são soltos

Três presos por fraudar venda de respiradores ao Consórcio Nordeste são soltos

As três pessoas que foram presas na última segunda feira (1°), durante a Operação Ragnarok, da Polícia Civil da Bahia, foram soltas na noite de ontem (5). A ação apura grupo acusado de fraudar venda de respiradores.

O Governo da Bahia foi uma das vítimas da empresa Hempcare. O Executivo estadual fez uma compra no valor de R$ 49 milhões de 300 equipamentos que beneficiariam os estados do Consórcio Nordeste. A mercadoria, no entanto, nunca foi entregue.

A prisão da dona da companhia, Cristiana Prestes, de seu sócio, Luiz Henrique Ramos, e do empresário Paulo de Tarso era temporária, com validade de cinco dias.

A quantia milionária ainda não foi recuperada. Apesar dos três suspeitos terem deixado a cadeia, a investigação segue em curso.

Compartilhe
abaixo de Saúde

Sobre o autor

posts relacionados

abaixo de Saúde