outubro 16, 2021

970×90

Vacinação contra a Covid-19 será direcionada para dose de reforço e repescagem nesta terça-feira (21), em Lauro de Freitas

Vacinação contra a Covid-19 será direcionada para dose de reforço e repescagem nesta terça-feira (21), em Lauro de Freitas

Nesta terça-feira (21), a vacina contra a Covid-19, em Lauro de Freitas, será direcionada para a repescagem de pessoas com 18 anos ou mais que ainda não tomaram a primeira dose da proteção e aplicação da dose de reforço para profissionais de saúde que atuam na linha de frente de combate a pandemia com 60 anos de idade ou mais e imunossuprimidos.

A estratégia da aplicação das doses separou os drives de acordo com os públicos. Os profissionais de saúde e imunossuprimidos receberão o reforço nos pontos de vacinação do Colégio Dois de Julho, na Itinga, ou Ginásio de Esportes do Aracuí, das 8h às 14h.

Para serem vacinados com o reforço, tanto os profissionais de saúde quanto os imunossuprimidos devem apresentar o cartão de vacinação com as duas doses anteriores, documento de identificação e devem ter realizado cadastro prévio no site da Prefeitura. O cadastro foi automático somente para os imunossuprimidos que são atendidos pelo Centro de Testagem e Aconselhamento (CTA).

Já as pessoas com idade acima de 18 anos, que ainda não tomaram a primeira dose, os locais de vacinação são Terminal Rodoviário de Portão e Associação de Moradores de Areia Branca, das 8h às 14h. Os documentos necessários são: cartão SUS, CPF, documento de identificação com foto e comprovante de residência.

Adolescentes comemoram a primeira dose da vacina

A espera acabou para Luana Kiara. A adolescente de 16 anos recebeu a primeira dose da vacina contra a Covid-19 em Lauro de Freitas, nesta segunda-feira (21). A jovem não conteve a emoção e descreveu o momento como libertador. “Vamos voltar à vida”, falou.

Acompanhada do pai, a caçula de três irmãos mais velhos e já vacinados, Kiara fechou os olhos e enfrentou o medo da agulha. “Não gosto de injeções, mas entendo que é necessário receber essa proteção por isso encaro o medo”, disse ela que já voltou às aulas presenciais e que acredita que agora estará mais segura para, aos poucos, voltar a rotina.

O sentimento foi semelhante entre os primos Gustavo Alves e Jesus Souza, 16 anos. Eles disseram que estavam contando os dias para receber a primeira dose. “Eu sinto como se estivesse vivendo um sonho, a vacina realmente deu novo sentido à vida”, disse Gustavo. Jesus conta que teve Covid-19 em meados do ano passado e, apesar dos sintomas leves, não deseja ter novas experiências com a doença. “Vacina salva-vidas. Graças a Deus chegou minha hora”, declarou.

Compartilhe
abaixo de Saúde

Sobre o autor

posts relacionados

abaixo de Saúde