abril 11, 2021

970×90

Após serem encontradas abandonadas dentro de casa, dez crianças voltam a morar com os pais

Os onze filhos de Marco Aurélio e Luciana passam o dia brincando na porta da casa onde a família está alojada em Arembepe, no município de Camaçari, na região metropolitana de Salvador. O imóvel foi cedido por um amigo dos pais até que eles encontrem um outro lugar para viver. Dez filhos do casal, entre 1 e 15 anos, foram resgatados pela polícia da casa onde moravam após um princípio de incêndio. Uma denúncia de vizinhos afirmava que as crianças estavam sozinhas sem um adulto responsável.

Na época em que as crianças foram encontradas sozinhas, os pais disseram que foram a uma cidade vizinha, Conceição do Jacuípe, a cerca de 60 km de distância de Camaçari, a procura de outro imóvel para morar e negaram o abandono. Eles tinham levado o filho mais novo, um bebê de menos de um mês, e disseram que deixaram as crianças aos cuidados da filha adolescente. As crianças foram encontradas em situação vulnerável, com pouca comida, sujas e sem roupas.

Na última sexta-feira (21), dois conselheiros tutelares de Camaçari entregaram as crianças de volta para os pais. A família está em uma casa emprestada, que é pequena para abrigar 13 pessoas. Sala, cozinha, banheiro e apenas um quarto com duas camas.

Mesmo diante a precariedade do imóvel, o Conselho Tutelar não teve outra alternativa que não fosse devolvera as crianças para os pais. A conselheira tutelar Maria Domingas Magalhães afirmou que o município não tem um abrigo para acolher as crianças.

Marco Aurélio é pintor e está desempregado há dois anos. Ele tem 19 filhos e Luciana, 16, sendo que 13 são com o companheiro. Sem trabalho, a situação financeira da família é complicada e ele espera arrumar um novo emprego para não deixar a mulher e os filhos desamparados.

O casal ainda corre o risco de perder a guarda dos filhos. O caso está sendo julgado na Vara da Infância e Juventude de Camaçari.

Compartilhe
abaixo de Saúde

Sobre o autor

posts relacionados

deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

abaixo de Saúde