julho 23, 2019

970×90

Dois mil policiais e bombeiros atuarão na Lavagem do Bonfim

Dois mil policiais e bombeiros atuarão na Lavagem do Bonfim

Mais de dois mil policiais militares, civis e técnicos, além de bombeiros trabalharão nesta quinta-feira  (17) na Lavagem do Bonfim. A segurança do evento contará com equipes terrestres, aéreas, uso de tecnologia (drones), bloqueios, blitze e ações de inteligência ao longo dos 8 km que separam a Conceição da Praia e da Colina Sagrada, no bairro do Bonfim.

O Centro de Operações e Inteligência (COI) da SSP funcionará como ponto cerebral nas tomadas de decisões, monitoramentos de câmeras, possíveis acionamentos de patrulhas táticas, entre outras funções. No prédio será ativado o Centro Integrado de Comando e Controle (CICC), integrado por órgãos estaduais, federais e municipais. No trajeto da festa, dois caminhões (CICCs móveis) realizarão um trabalho mais minucioso com câmeras móveis, transmitindo em tempo real para o COI.

A Polícia Militar, por sua vez, atuará com as patrulhas terrestres, tendo os suportes de postos elevados, garantindo a resolução rápida das demandas. Além das unidades ligadas ao Comando de Policiamento Regional (CPR) Baía da Todos os Santos (BTS), que atua naquele perímetro diariamente, serão empregadas guarnições de especializadas como o Grupamento Aéreo (Graer), o Esquadrão Águia, a Companhia de Polícia de Proteção Ambiental (Coppa), o Batalhão de Choque, o Esquadrão de Polícia Montada, entre outras. Drones ajudarão em flagrantes e pontos de atenção.

Já o Corpo de Bombeiros Miliar colocará no circuito militares especializados em resgates de vítimas em grandes eventos. A instituição alerta para a necessidade de hidratação, proteção contra o sol, preparo físico para aqueles que pretendem percorrer os 8 km, moderação no uso de bebidas alcoólicas e cuidados com a alimentação.

Com equipes disfarçadas, ampliação do efetivo da 3ª Delegacia Territorial (DT/Bonfim) e empregos de investigadores dos departamentos de Crimes Contra o Patrimônio (DCCP), Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) e Coordenação de Operações Especiais (COE), ficará para a Polícia Civil a função de mapear possíveis locais de venda de drogas e de concentrações de criminosos especialistas em furtos. Para comodidade de baianos e turistas, três postos foram montados para agilizar o atendimento.

Na retaguarda ficará o Departamento de Polícia Técnica (DPT) dando celeridade aos exames de contatação de drogas, perícias de lesões corporais ou qualquer outro tipo de crime.

Compartilhe
abaixo de Saúde

Sobre o autor

posts relacionados

deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

abaixo de Saúde
%d blogueiros gostam disto: