fevereiro 22, 2019

970×90
970×90
970×90

Feira de Economia Solidária movimenta e gera renda na Quingoma todo sábado

Feira de Economia Solidária movimenta e gera renda na Quingoma todo sábado

Frutas, hortaliças, comidas baianas, artesanato e outros produtos estão movimentando o espaço em frente à Igreja São José, na comunidade de Quingoma. Todos os sábados, das 6h às 15h, produtores locais promovem a Feira de Economia Solidária da Quingoma, com o intuito de fortalecer o vínculo comunitário e a geração de renda. A feira conta com a parceria da Prefeitura Municipal de Lauro de Freitas e da Central do Artesanato.

Partindo de uma iniciativa da própria comunidade, a feira foi ganhando ritmo e hoje reúne mais de 30 moradores que produzem nos quintais e terrenos de suas casas mercadorias da agricultura familiar e artesanal.

Essa relação da comunidade do Quingoma com a economia solidária vem sendo apoiada desde o início da gestão municipal, para empoderá-la tendo a administração municipal como parceiro na construção da política pública, explica o secretário do Trabalho, Esporte e lazer (SETREL) Uilson Souza. Outras experiências bem-sucedidas de feira de economia solidária já são apoiadas pela Prefeitura por meio da SETREL e da Secretaria de Desenvolvimento Social e Cidadania (SEMDESC).

“Na segunda-feira (11) teremos uma reunião com os representantes das cadeias produtivas já mapeadas pela secretaria, fomentando dessa forma, um circuito de feiras na localidade. Lauro de Freitas conquistou a implantação de uma unidade do Centro Vocacional Tecnológico voltado para assistência técnica da Permacultura e o Sistema Produção Agroecológica Integrada e Sustentável que juntos escreverão um novo capítulo na história da política pública de renda em nossa cidade”, informa Uilson Souza.

GERAR RENDA E UNIR A COMUNIDADE

Entre a venda de ovos, galinha caipira e mudas de plantas em recipientes biodegradáveis, a agricultora Fabiane dos Santos afirma que a organização da feira é colaborativa. “Há mais de um ano pensávamos em realizar uma feira na Quingoma. Nosso foco é que os moradores daqui utilizem seus espaços de maneira produtiva. Esse trabalho movimenta nossa comunidade, além de que um ajuda o outro. Não importa o tamanho do quintal ou do terreno, mas da iniciativa de nos fortalecermos, gerando nossa própria economia”, enfatizou.

Com uma sacola cheia de quiabos e outra de mamão, abacate e manga, Rute dos Santos, 32, mora a 400 metros da feira e conta que os produtos são todos frescos. “Agora a gente não precisa mais ir aos grandes centros para comprar produtos naturais. A feira está perfeita” disse. Das mãos de Marivaldo Santos, 51, fregueses encontram verduras, raízes e frutas da época. “Tenho um carrinho que é a minha feira ambulante. Vendo pelos bairros de Portão, Vida Nova e Caixa D’água. Agora aos sábados minha feira é aqui na Quingoma. Está só começando e vai dar certo”, falou Marivaldo entusiasmado.

“Em diálogo constante com os moradores e a Central do Artesanato, conseguimos trazer para Quingoma barracas de ferro para deixar a feira ainda mais organizada”, destacou assessor técnico da Secretaria Municipal de Trabalho, Esporte e Lazer (Setrel), Wellinghton Rocha.

Nascida e criada na Quingoma, a artesã Nalva Nascimento, 29, encontrou uma nova oportunidade de expor seus produtos. “Aqui eu vendo jogo para quarto de bebê, porta joias, pulseiras, garrafas decoradas e doces. Todos estão se reunindo para contribuir com a feira de alguma forma”, apontou. Para debater melhorias e balanço da feira, os amigos produtores da Quingoma se reúnem todas as terças-feiras na Igreja São José. Agentes do Credibahia (Programa de Microcrédito do Estado da Bahia) participaram da feira prestando informações sobre concessão do crédito e formas de investimentos.

Jornalista Laerte Santana

Foto Lucas Lins

ASCOM Prefeitura de Lauro de Freitas

09/02/2019

71 3288 8371

https://www.laurodefreitas.ba.gov.br/site/

Compartilhe isso
abaixo de Saúde

Sobre o autor

posts relacionados

deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

abaixo de Saúde
%d blogueiros gostam disto: