agosto 24, 2019

970×90

Pai mata filho e tira própria vida por discordar de ocupação em universidade

Uma divergência entre opiniões políticas terminou em tragédia familiar na tarde desta terça-feira (15) em Goiânia (GO). Um idoso de 60 anos assassinou o filho de 20, a tiros, e em seguida tirou a própria vida. 

De acordo com a Polícia Civil, o crime ocorreu por volta de 17h30após uma discussão entre os dois. O jovem Guilherme Silva Neto tomou quatro tiros e morreu no local. O pai, o engenheiro Alexandre da Silva Neto, chegou a ser socorrido para um hospital próximo, mas não resistiu e veio a óbito por volta de 19h.

De acordo com o delegado Hellyton de Carvalho, responsável pelo caso, pai e filho tinham um conflito familiar por conta da participação do jovem em movimentos sociais. Guilherme era estudante de Matemática da UFG (Universidade Federal de Goiânia) e participava da ocupação de um dos campi. Algo que o pai não aceitava. A discussão entre eles foi motivada pela iminência da Polícia Federal em realizar a desocupação da unidade onde o jovem estudava.

Compartilhe
abaixo de Saúde

Sobre o autor

posts relacionados

deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

abaixo de Saúde
%d blogueiros gostam disto: