junho 13, 2021

970×90

Prefeitura lança programa com 16 ações para retomada da economia local

Prefeitura lança programa com 16 ações para retomada da economia local

Lançado na manhã desta quinta-feira (10), o Programa Cidade Solidária e Sustentável, um conjunto de 16 ações voltadas à geração de emprego, renda e fomento à produção e consumo local, vai possibilitar a contratação de Microempreendedores Individuais (MEI) pela Prefeitura de Lauro de Freitas, por meio de um processo simplificado. Os detalhes do programa foram apresentados pela prefeita Moema Gramacho em live de lançamento na página da Prefeitura no facebook.

O AMEI (Cidade Amiga do MEI), vai viabilizar a contratação de microempreendedores do município para serviços, como obras de infraestrutura de pequeno porte, requalificação dos calçamentos da orla de Vilas do Atlântico e Buraquinho, em um processo diferente da licitação tradicional. Mais informações sobre a ação, como o credenciamento dos MEI para participar do processo, serão divulgadas no site e redes sociais oficiais da Prefeitura.

“As medidas anunciadas serão implementadas de forma associada à prevenção e combate à pandemia. Sabemos que pode haver o agravamento da pandemia, uma terceira onda, não podemos esperar a pandemia acabar para recuperar e fortalecer a nossa economia. O programa garante que os empreendedores que estão passando por dificuldades possam ter esperanças em dias melhores”, explicou a prefeita Moema Gramacho.

Outra ação do programa, a oferta de um cartão de compras para os servidores municipais, será viabilizada em parceria com a bandeira VISA. Liberado exclusivamente para consumo de produtos e serviços em empreendimentos do município, o cartão de compras objetiva aumentar a circulação de receitas na cidade e o abastecimento da economia local com recursos gerados diretamente pela gestão pública.

A realização de cursos de qualificação profissional para atender à necessidade dos empreendimentos locais e a assinatura de termos de cooperação técnica com os segmentos empresariais de Lauro de Freitas, visando a contratação de moradores do município, são mais duas ações que serão implementadas, reforçando um dos pilares do programa, a geração de oportunidades para quem mora e consome na cidade, conforme ressaltou Uilson Souza, titular da Secretaria Municipal de Trabalho, Esporte e Lazer (SETREL).

“Somos uma cidade conurbada, que forma um grande núcleo urbano com outros municípios vizinhos, o que influencia muito no comércio, por isso grande parte das ações é um esforço para aumentar nossa produção, gerar renda e fomentar o consumo local, articuladas com todas as entidades empresariais de Lauro de Freitas, de acordo com o raciocínio da retroalimentação, e alinhado com as metas para o desenvolvimento sustentável apontadas pela Organização das Nações Unidas (ONU).

A ampliação do atendimento no SAC empresarial, especialmente voltado a moradores que queiram se oficializar como MEI e a realização do censo empresarial de Lauro de Freitas também serão contempladas no Cidade Solidária e Sustentável. As ações foram destacadas por Manoel Carlos dos Santos, da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico, Indústria, Comércio, Serviços e Inovação Tecnológica (SEDICS).

“Este é um programa importantíssimo, que envolve praticamente todas as secretarias da gestão, um trabalho coletivo e de transversalidade. Na SEDICS vamos atuar diretamente para a realização do censo empresarial, que vai nos dar uma radiografia de todos os setores empresariais do município, fundamental para o desenvolvimento de políticas públicas mais assertivas. Também estamos com uma equipe preparada para atender no SAC Empresarial todos aqueles que queiram se formalizar como MEI ou regularizar o seu CNPJ,” declarou o secretário.

O secretário municipal de Administração, Ailton Florence, considera que o lançamento do programa acontece em um momento oportuno. “Este conjunto de ações anunciadas hoje vêm em boa hora, como um grande chamamento para a reconstrução da economia em parceria com a sociedade e as entidades empresariais de Lauro de Freitas, para superarmos juntos os problemas que têm assolado o nosso país, com o desenvolvimento de ações para estimular a vinda de novos empreendedores e ajudar os já instalados a passarem por essa crise.”

A ampliação do Aplicativo Cidade Solidária, que inspirou o nome do programa, também está prevista no escopo das ações anunciadas nesta quinta-feira (10). Lançado pela Prefeitura em 2020 para aumentar as vendas por delivery, amenizando os problemas enfrentados pelos empresários com o fechamento de parte do comércio, especialmente no início da pandemia, o aplicativo conta atualmente com 9.026 comerciantes cadastrados e mais de 26.900 consumidores de Lauro de Freitas.

Mais sobre o Cidade Solidária e Sustentável

Além das informações detalhadas pela Prefeitura durante a live de lançamento, o Programa Cidade Solidária e Sustentável vai contar ainda com as seguintes ações: qualificação e formação presencial e digital; fomento à produção da agricultura familiar com uma casa de sementes e Programa Cio da Terra; estímulo à comercialização de artesanato do município com a realização de feiras e festival da economia solidária; inauguração de camelódromos e início efetivo das atividades de comercialização no Mercado do Centro; fomento à produção e comercialização de cerveja artesanal, e a implantação de metas para o desenvolvimento sustentável, a partir da requalificação da orla e criação do Parque das Águas.

Compartilhe
abaixo de Saúde

Sobre o autor

posts relacionados

abaixo de Saúde