novembro 18, 2018

970×90

Associação Comercial prestigia inauguração das novas instalações da Escola Creche Rotary em Quingoma

Associação Comercial prestigia inauguração das novas instalações da Escola Creche Rotary em Quingoma

(ao Centro) o presidente do Rotary Club Lauro de Freitas, Marivaldo Baptista, ladeado por rotaryanos e diretores da ACELF.

Neste sábado (01), estiveram presentes à confraternização de inauguração da 1a etapa da ampliação da Escola Creche Rotary do Quingoma, representantes da Associação Comercial e Empresarial de Lauro de Freitas, o rotaryano e presidente da ACELF Coriolano Oliveira, o vice- presidente e empresário Marcos Vinicius Bispo, o diretor jurídico Diego Sued e o diretor social e também rotaryano Antônio Almeida.

Recepcionados pelo presidente do Rotary Club/Lauro de Freitas, Marivaldo Baptista da Paixão, e pelo diretor de patrimônio Roberto Mascarenhas, a diretoria da ACELF prestigiou a finalização de parte do projeto de ampliação e melhorias da Escola Creche mantida pelo Rotary Club e que assiste 110 crianças do Quingoma, em tempo integral e meio período, além do gabinete médico que atende a comunidade com serviços odontológicos.

Diretor de patrimônio/Rotary, Roberto Mascarenhas, coordenador da equipe que viabilizou novas instalações

Além de nova pintura e reforma, o conjunto das instalações recebeu uma cozinha industrial, novos sanitários e vestiários, espaço multiuso e parquinho.

A 2a etapa das obras de ampliação deverá contar com mais 3 salas e mais uma secretaria. “Graças aos recursos arrecadados em campanhas internas pelos núcleos sociais rotaryanos, e, também graças aos parceiros e voluntários empresários de Lauro de Freitas, é possível realizar melhorias com dedicação diuturna ao propósito de apoiar e estar ao lado da comunidade do Quingoma”, avaliou o diretor de patrimônio Roberto Mascarenhas.

(Diretores da ACELF da esq. para dir.) Antônio Almeida, Diego Sued, Coriolano Oliveira e Marcos Vinicius.

Colaborador da diretoria de patrimônio, o rotaryano Coriolano Oliveira, atesta que “unir esforços entre as instituições deve ser uma premissa do terceiro setor e pode inspirar outros segmentos sociais a adotar iniciativas semelhantes em prol das comunidades a exemplo do Quingoma a fim de contribuir com um mundo melhor, menos desigual, mais justo e fraterno”, concluiu emocionado.

Momento de emoção e um abraço fraterno entre Coriolano Oliveira e a cuidadora de crianças Rosa, moradora do Quingoma

Mais fotos:

Compartilhe isso
abaixo de Saúde

Sobre o autor

posts relacionados

deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

abaixo de Saúde
%d blogueiros gostam disto: