dezembro 08, 2021

970×90

Estudantes participam de Feiras de Ciência e Tecnologia

Apresentar os projetos desenvolvidos na área de ciência e tecnologia. Esse é o objetivo dos estudantes do Colégio Modelo Luis Eduardo Magalhães, em Ipiaú, e do Centro Territorial de Educação Profissional (Cetep) do Médio Sudoeste da Bahia, em Itororó, que participam das Feiras de Ciência e Tecnologia das suas unidades.

Com o tema “Vegetais: um novo olhar”, os alunos de Ipiaú puderam explorar diversos assuntos ligados à produção de uma horta, entre eles o solo, adubos e agrotóxicos, abrindo a unidade, nesta quinta-feira, à visitação do público. “Foi muito interessante aprender as diversas composições químicas utilizadas para produzir o adubo referente a cada necessidade na plantação”, destaca o estudante do 2º ano, Nilton Santiago, 16 anos.

Para sua colega Mariana Lima, 19, estudante do 2º ano, a oportunidade de pesquisar produtos com maior recorrência no uso de agrotóxico foi importante para seu conhecimento. “Pudemos conhecer mais profundamente o uso deste produto em vegetais e frutas, como alface, abacaxi e morango. Entendo um pouco sobre a ligação entre saúde e mercado. Na prática, separamos nossa parte na horta em duas: uma parte com agrotóxico e outra orgânica”, disse.

No Cetep do Médio Sudoeste, os alunos apresentaram projetos desenvolvidos nos cursos técnicos. O estudante do curso de Informática, João Santos, 17, desenvolveu um protótipo intitulado “Srasv” que auxilia a qualquer pessoa a acompanhar do celular seu veículo, via satélite. “O proprietário pode até mesmo programar para que o arcondicionado do caro seja acionado automaticamente quando o interior do veículo atingir determinada temperatura. Estamos utilizando um software livre, laptop e um carro de brinquedo para apresentar o protótipo”, conta.

Voltada para os alimentos, Mirian Santos, 16, estudante do Curso Técnico de Nutrição e Dietética, produziu uma pesquisa relacionada aos benefícios do ovo. “Esse alimento é reconhecido como a proteína do século e considerado quase tão importante quanto o leite materno. Vamos apresentar o que representa para nossa alimentação e os tipos de ovos,” declara.

Ceneb
O Centro Noturno de Educação (Ceneb) Maria Quitéria, localizado no bairro do Bonfim, em Salvador, realizou nesta quinta-feira (1), das 19h às 22h, a I Feira de Ciências da unidade. Entre os projetos apresentados está o aplicativo ‘Alô, Cidade Baixa!’. “O objetivo é atrair os moradores e turistas para pontos importantes da cidade baixa, como o Bonfim, Monte Serrat e Ribeira. Por meio do aplicativo, o usuário tem informações sobre o local e pode conhecê-lo melhor,” explica a estudante Taís Arruda, 26.

Compartilhe
abaixo de Saúde

Sobre o autor

posts relacionados

abaixo de Saúde