abril 14, 2021

970×90

Novos secretários de ACM Neto serão nomeados em dezembro

Novos secretários de ACM Neto serão nomeados em dezembro
A tão aguardada mudança no secretariado do prefeito ACM Neto (DEM) só vai acontecer em dezembro. Antes de definir os nomes que vão ocupar as pastas, a gestão do democrata tem feito um estudo para decidir se vai criar ou extinguir secretarias.

Somente após ter o desenho da nova reforma administrativa traçado, o prefeito ACM Neto começará a fazer a “dança das cadeiras”. “Não há agonia nesse processo, nada ainda está amarrado. Esta reforma não será influenciada pelas questões políticas”, garantiu um assessor do gestor municipal. Definida as modificações, um projeto de lei será elaborado e encaminhado para Câmara de Salvador, que dará ou não o aval.

O que sabe até agora é que o PSDB e o PRB devem ganhar mais espaço na montagem do novo secretariado. O prefeito prometeu, quando ainda estava negociando o vice da sua chapa, “prestigiar” os dois partidos com pastas fortes.

A escolha do novo presidente do Legislativo Municipal vai pesar bastante na “dança das cadeiras”. Isto porque os tucanos (com Paulo Câmara e Tiago Correia) e os republicanos (Isnard Araújo) brigam pelo comando da Casa. Se uma das legendas ficar com a presidência, a tendência é que a participação na gestão do democrata diminua. “O prefeito, desta vez, já disse que vai participar ativamente desta eleição. Ele ficou muito chateado com o fato de anteciparem as discussões. Os candidatos começaram a marcar almoço, jantar, uma semana depois da eleição. E o prefeito não gostou nada disso”, contou o assessor do democrata.

Em relação ao PMDB, a tendência é que o partido permaneça com o mesmo espaço na gestão do prefeito ACM Neto. A leitura que se faz é de que o gestor municipal já teria agradado os peemedebistas ao pôr Bruno Reis na vice no pleito deste ano. Portanto, não haveria necessidade de ampliar a participação do partido. Demais disso, o PMDB pode assumir a prefeitura em 2018, quando possivelmente o gestor municipal deve disputar o Governo do Estado.

De acordo com assessores de Neto, embora tenha surgido rumores de que o secretário municipal de Saúde, José Antonio Rodrigues Alves, poderia ser limado na nova gestão, essa possibilidade é descartada. O titular da pasta tem manifestado um desanimo na pasta, mas deve permanecer.

Uma secretária, porém, que está na corda bamba é Rosemman Maluf. Se o PSDB ganhar uma pasta mais forte no novo secretariado de Neto, a titular da SEMOP deve cair fora da gestão. O retorno dos ex-secretários Sílvio Pinheiro e Guilherme Bellintani ainda continua incerto. Bellintani já revelou para amigos, no entanto, que não quer voltar para a Secretaria Municipal de Educação.

Compartilhe
abaixo de Saúde

Sobre o autor

posts relacionados

deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

abaixo de Saúde