julho 18, 2019

970×90

População de Irecê se revolta com a chegada da zona azul na cidade

População de Irecê se revolta com a chegada da zona azul na cidade

A prefeitura de Irecê, no interior da Bahia, abriu uma licitação para decidir qual empresa seria responsável por explorar o serviço da “zona azul” da cidade. Nesta quarta-feira (17), o resultado final foi publicado no Diário Oficial do município e a população parece não estar gostando nada da decisão. 

Apesar de todos os impostos pagos pelos moradores, agora existe mais uma cobrança na cidade. A chegada da zona azul não agradou os moradores que estão questionando a decisão, tomada pela maioria dos vereadores em votação na Câmara do município. Agora, segundo informações do Diário, serão cobrados R$ 2,50 por vaga de carro e ainda R$ 1 por vaga de motocicleta.

O nome da empresa vencedora da licitação, a Soma Park, também não foi bem recebido por políticos da oposição. A vereadora Margarida Cardoso (Partido Podemos), por exemplo, questionou o motivo de uma empresa nova, que foi aberta em 14 de novembro do ano passado, ter sido selecionada para gerir a zona, com um faturamento de cerca de R$ 30 milhões pelo contrato, que dura 10 anos.

“A empresa ganhadora e que vai explorar este serviço na cidade por 10 anos acabou de ser aberta. Isso é no mínimo muito estranho”, disse.

Compartilhe isso
abaixo de Saúde

Sobre o autor

posts relacionados

deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

abaixo de Saúde
%d blogueiros gostam disto: