agosto 05, 2021

970×90

Risco de coágulo depois do coronavírus é até 10 vezes maior que depois da vacina

Risco de coágulo depois do coronavírus é até 10 vezes maior que depois da vacina

Um estudo feito por pesquisadores da Universidade de Oxford mostrou que o risco do paciente que foi infectado pelo novo coronavírus de desenvolver um tipo raro de coágulo é de 8 a 10 maior do que depois de ser vacinado contra a doença. O levantamento ainda apontou que a chance de uma pessoa ter coágulo após a infecção é 100 vezes maior do que entre a população geral.

A pesquisa analisou a trombose venosa cerebral, que atingiu 6 pacientes vacinados com a vacina da Johnson & Johnson. Desde que começou a ser aplicado, o imunizante já foi ministrado em quase 7 milhões de pessoas. O estudo ainda não foi revisado e nem publicado em revista científica.

“Chegamos a duas conclusões importantes. Em primeiro lugar, a Covid-19 aumenta significativamente o risco de trombose venosa cerebral, aumentando a lista de problemas de coagulação do sangue que esta infecção causa. Em segundo lugar, o risco da Covid-19 [em causar trombose] é maior do que nas vacinas atuais; algo que deve ser levado em consideração ao considerar o equilíbrio entre riscos e benefícios para a vacinação”, ponderou o pesquisador Paul Harrison, do Grupo de Neurobiologia Translacional de Oxford.

Compartilhe
abaixo de Saúde

Sobre o autor

posts relacionados

abaixo de Saúde