dezembro 12, 2019

970×90

Ciro chama Bolsonaro de “Magda das Milícias” e rechaça comentários feitos pelo presidente

Ciro chama Bolsonaro de “Magda das Milícias” e rechaça comentários feitos pelo presidente

O candidato a presidência em 2018, e cacique do PDT, Ciro Gomes usou seu perfil no Twitter na manhã deste sábado (20) para, em aproximadamente 240 caracteres, repercutir uma série de comentários feitos na última sexta-feira (19) pelo presidente Jair Bolsonaro (PSL). Gomes aproveitou a oportunidade para se referir ao chefe do executivo com “Magnata das Milícias”.

“Cala a boca ‘Magda das milícias’! ‘não existe fome no Brasil’, ‘vai privilegiar o filho”, chama de ‘Paraíba’ toda uma região com mais 30 milhões de habitantes, ataca um dos melhores governadores e, irresponsavelmente, determina perseguição ao povo de um Estado”, disse. 

Em outra postagem, ele também fez referência as mentiras sobre a colunista e jornalista do jornal O Globo Miriam Leitão ditas pelo presidente à jornalistas estrangeiros durante um café da manhã com a imprensa. “Ela estava indo para a guerrilha do Araguaia quando foi presa em Vitória. E depois conta um drama todo, mentiroso, que teria sido torturada. Mentira”, afirmou.

Por meio de nota divulgada no “Jornal Nacional” da noite da última sexta (19), a Rede Globo de televisão repudiou as declarações do presidente dirigidas à profissional. O texto ainda informa que Miriam foi presa e torturada aos 19 anos, quando estava grávida, aos 19 anos, durante estadia no 38º Batalhão de Infantaria em Vitória.  

Em sua declaração, Ciro faz referência ainda a transmissão ao vivo feita pelo Facebook na noite da quinta-feira (18), na qual Bolsonaro voltou a defender a indicação do filho zero três, o deputado federal Eduardo Bolsonaro para o cargo de embaixador brasileiro nos Estados Unidos. “Pretendo encaminhá-lo, sim”, disse na ocasião.

Ciro Gomes

@cirogomes

 
 

Cala a boca “Magda das milícias”!
”não existe fome no Brasil”, “vai privilegiar o filho”, chama de “Paraíba” toda uma região com mais 30 milhões de habitantes, ataca um dos melhores governadores e, irresponsavelmente, determina perseguição ao povo de um Estado…

 
4.280 pessoas estão falando sobre isso
 
Compartilhe
abaixo de Saúde

Sobre o autor

posts relacionados

deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

abaixo de Saúde
%d blogueiros gostam disto: